Brasil Scout - Bruno Fuchs e Bruno Praxedes, o futuro do SC Internacional

Atualizado: 7 de jun. de 2020



Com uma descida de divisão no ano de 2017, o SC Internacional pretende recuperar o estatuto que tinha no Brasileirão. Com um 7º lugar na época anterior, a equipa de Porto Alegre aparenta ter fulgor e projeto suficiente para a médio-longo prazo aparecer nos primeiros classificados do campeonato brasileiro. Relacionado com este previsível sucesso está o aparecimento de vários jovens que merecem ser destacados. Hoje irei falar de Bruno Fuchs e Bruno Praxedes, mas poderia falar, por exemplo de João Peglow, Nonato, Heitor...

Bruno Fuchs



Defesa central de 20 anos (nascido em 1999) que já se assume como titular e como peça fundamental na equipa do Internacional. Na seleção pré olímpica do Brasil era titularíssimo e o patrão da defesa do Brasil. Tem vários rumores associados à compra do seu passe, mas o Mónaco parece estar na frente da corrida.

Destaca-se pela capacidade de passe e perceção do jogo, que lhe permite ser excelente na contrução de jogo (talvez, o ponto mais forte no seu jogo). Bola colada ao pé direito, forte na progressão com bola, capacidade de tomada de decisão e qualidade de passe, seja curto ou longo. Tem muita confiança no seu jogo e em fase de construção gosta de arriscar com passes de rutura, anulando assim as linhas do adversário.

Apesar da sua estatura (1,91 metros), é um jogador que pela passada larga, pelo sentido posicional e pela orientação corporal adequada é eficiente numa linha defensiva mais subida, conseguindo controlar a profundidade. É forte na antecipação, marcação e desarme, além disso mostra uma noção ao nível posicional muito interessante para a sua idade.

Apesar dos recursos técnicos elevados, é um jogador que também é forte fisicamente, eficiente nos duelos individuais e possui um bom jogo aéreo.

Um central muito competente a atacar, mas também muito eficiente a defender. É muito completo e tem caraterísticas que "casariam" bem com o futebol europeu. Veremos qual será a sua evolução, mas muito provavelmente estará numa equipa europeia a curto prazo. Quem sabe na liga portuguesa!


Bruno Praxedes

Sou fã deste jogador! Tem 18 anos (nascido no ano de 2002), joga a médio centro e tem como pé dominante o esquerdo.

Destacou-se na Copinha sub-20 deste ano e tem caraterísticas raras no futebol atual.

Depois de passagem pelo Fluminense, o médio mudou-se para o Internacional e já conta com jogos pela equipa principal no Campeonato Gaúcho e na Libertadores.

Era o motor do meio campo da equipa sub 20 do Internacional na época passada. Gosta de assumir o jogo, tem boa tomada de decisão e capacidade técnica muito acima da média. Forte no processo de construção ofensiva, boa capacidade de passe curto e longo, criatividade e inteligência. Com bola sempre colada ao pé esquerdo, possuí uma boa visão e perceção de jogo, conseguindo quebrar as linhas do adversário através de passe em rutura, ou com passe longo mudar de flanco permitindo a exploração pelo espaço exterior. Pela leitura de jogo consegue antecipar-se aos outros e executar rapidamente, apanhando desprevenida a defensiva adversária. Esconde bem a bola e sai de pressão com facilidade em progressão ou com passe.

Apesar de partir de zonas mais recuadas, chega com facilidade a zonas de finalização e tem um remate forte e quase sempre colocado.

A nível defensivo é forte nos duelos individuais, antecipação e na definição de zonas de pressão. Terá de melhorar ao nível da intensidade de jogo.

Um "8" com um estilo de jogo do futebol moderno, forte no momento ofensivo e sólido no momento defensivo.É difícil prever os níveis a que poderá chegar, mas pela qualidade individual tem tudo para ser figura de destaque no futuro.



Redigido por Diogo Coelho

Não te esqueças de assinar o nosso newsletter

Obrigado por se inscrever.