Kimmich – De Substituto de Lahm a Prodígio



Ter o rótulo de substituto de um capitão de clube e seleção que venceu competições máximas como a UEFA Champions League ou o FIFA World Cup não é, de todo, tarefa fácil para qualquer atleta. Porém, Kimmich venceu todas estas expetativas extrínsecas com a performance que apresenta em jogo.

Tem-se afirmado, não só, como elemento chave na equipa bávara, mas também como jogador de referência na Bundesliga. Partiu da posição de lateral direito, onde era esperado que construísse o seu trajeto, mas, rapidamente mostrou ter competência noutras funções (principalmente pela sua perícia no passe), tais como a de defesa central ou a de médio, tal como se tem apresentado na estrutura de Hans-Dieter Flick.


Fonte: Bundesliga


Apesar de toda esta versatilidade (que nos leva a recordar de Phillipp Lahm), o foco deste artigo mais do que isso, é ilustrar aquilo que é a incumbência do jovem de 25 anos nas dinâmicas de uma equipa que tem fascinado os olhos dos amantes do futebol e que foi recém-sagrada campeã alemã.


É um dos elementos fundamentais em fase de construção, tendo a capacidade para jogar de costas e receber orientado ou até de gerar atrações ao adversário para libertar espaço, tal como tem a destreza para criar superioridade numérica no primeiro setor e jogar de frente, queimar linhas adversárias e encontrar colegas em espaço vazio para acelerar. Tem sido o elemento mais criativo com bola, ditando o ritmo e sendo uma cobertura essencial aos companheiros. Sem bola, é primordial no momento da perda e em Organização Defensiva, sendo agressivo ao portador e chave no posicionamento na linha média. A sua habilidade para jogar em espaços reduzidos é fenomenal, assim como, no momento das bolas paradas. Mas como palavras não chegam para caracterizar tudo isto, segue o vídeo seguinte:



Joshua Kimmich a lateral direito é fantástico. Joshua Kimmich a defesa central é notável. Joshua Kimmich a médio é, inquestionavelmente, um dos melhores do mundo… será ele capaz de conquistas semelhantes às de Phillip Lahm? Eu tenho a minha opinião…


REDIGIDO POR: Filipe Chinita

Artigo desenvolvido em parceria com o site "O Primeiro Toque"

Não te esqueças de assinar o nosso newsletter

Obrigado por se inscrever.