Os 12 jovens destaques do Brasileirão



A nova geração do futebol brasileiro abunda em qualidade. Hoje damos-vos a conhecer 12 destaques do Brasileirão até este momento. A escolha baseou-se no rendimento e potencial demonstrado ao longo da temporada.

Atenção que os jogadores escolhidos são todos eles de gerações de 1999 para cima e não estão presentes jogadores que foram destaque em temporadas anteriores (razões para Artur do Bragantino e Gabriel Menino do Palmeiras, por exemplo, não estarem nesta lista) .


Gabriel Pereira - SC Corinthians

Com 21 anos está a ser a grande revelação do Corinthians na presente época e faz parte das razões para a recuperação do clube na tabela classificativa.

Jogador com um perfil idêntico a Pedrinho, atualmente no Shakhtar Donetsk, mas com algumas características diferentes (Pedrinho tem menor capacidade de drible em espaços largos e conta com melhor definição em espaços reduzidos).

Esquerdino que parte do flanco direito para zonas interiores. Muito evoluído tecnicamente, imprevisível no drible, veloz e ágil. Define normalmente com qualidade e executa bem e rápido. Vem muitas vezes para dentro para rematar ou assistir os companheiros.

É um desequilibrador de talento evidente que precisa de continuar a evoluir e ganhar maior consistência para mais tarde dar o salto para clubes europeus.



Gustavo - SC Recife


O médio ofensivo de 19 anos do Sport Recife tem aparecido este ano como uma das figuras da sua equipa. É um jogador de grande potencial, bastante maduro para a idade e com um perfil bastante requisitado no futebol europeu.

Com excelente recursos técnicos, entre eles, destaca-se a capacidade de passe, drible e de receção. Fisicamente é bastante hábil, dinâmico e possante. Taticamente e cognitivamente de nível superior - posiciona-se para receber com espaço, recebe enquadrado para a ação seguinte e decide rápido e bem. Joga em espaços reduzidos e por aí define com qualidade. Tem capacidade de progressão com bola, o que lhe permite ser perigoso também quando os espaços se alargam.

É um médio que cria e alimenta os homens da frente. Acrescenta a isso a sua capacidade de remate e de último passe.

Acredito que seja um jogador para altos voos.


Luiz Henrique - Fluminense FC


É mais uma jóia que o Fluminense dá a conhecer ao mundo do futebol.

Jogador bastante versátil, podendo atuar como ponta pela direita e esquerda ou jogar mais centralizado.

Conta com um perfil físico de eleição. Esguio com passada larga, capacidade de aceleração, velocidade e força. Apresenta boa técnica individual e drible fácil. Descomplexado e sem medo de ir para cima do adversário. Come metros com bola, dribla e alarga a passada contornando os adversários.

Tem jogado mais vezes pela direita, apesar de ser esquerdino. É um jogador bastante vertical, mas quando tem espaço em zonas interiores, entra para dentro, puxa para o pé esquerdo e aproveita para desferir o seu potente remate.

Tem características que lhe permitem ser muito perigoso quando existe mais espaço para atacar. Mostra grande capacidade de desequilíbrio, principalmente em espaços largos, mas também em espaços mais reduzidos.

Inteligente na movimentação, aparecendo em zonas de finalização e executando com qualidade. Precisa de melhorar a sua definição para depois dar o salto para outro patamar.

Um talento imenso para ser lapidado!


Yuri Alberto - SC Internacional


É o grande destaque jovem do Brasileirão até ao momento. Yuri é um ponta de lança com um perfil bastante completo e, por isso tem meia europa com os olhos postos nas suas atuações.

Yuri é competente em tudo o que um avançado pode realizar numa partida, não se destacando em nenhum ponto especial.

Fisicamente é um avançado robusto, possante, veloz e com boa habilidade motora. Conta com argumentos técnicos superlativos para um ponta de lança, principalmente em zonas de finalização. Usa os dois pés, tem um bom jogo aéreo, qualidade no passe, boa progressão com bola e capacidade para esconder e soltar nos momentos certos. Apresenta-se como um avançado com uma gama de recursos enorme no que diz respeito ao dar o toque final para a baliza adversária, mas não só.

Participa na criação da equipa servindo em apoio frontal (joga muito bem de costas para a baliza) ou podendo descair para as alas. É, no entanto, centralizado que mais rende.

Tem muita facilidade em realizar diagonais de rutura no ataque à profundidade no timing e para o espaço certos, marcando muitos golos a partir desse tipo de movimentação. E , por fim, apresenta uma presença na área que ameaça a baliza adversária constantemente, pela inteligência na movimentação em zonas de finalização.

É um avançado de potencial tremendo que não irá estar muito mais tempo no Brasil.


Vanderson - Grémio FBPA


O lateral direito tricolor de 20 anos tem sido aposta ao longo desta temporada e tem tido boas prestações.

Vanderson é um lateral com grande capacidade ofensiva, tanto em espaço interior como exterior. Apresenta grande capacidade técnica, destacando-se ao nível do drible e passe. Em espaços reduzidos, consegue driblar adversários e definir com categoria, e quando tem espaço alarga a passada e ultrapassa adversários também com facilidade.

No último terço tem critério e recursos técnicos para executar com qualidade. Associa-se com os colegas com facilidade, tem um cruzamento tenso e preciso e, ainda, conta com um bom remate exterior.

É um jogador com bons argumentos do ponto de vista físico - alto, com cadência de passada, andamento, velocidade, agilidade e aceleração.

Defensivamente é um jogador consistente, muito agressivo, concentrado e comprometido. Forte no desarme, na antecipação e com rigor posicional.

Acredito que será o futuro lateral direito da canarinha.


Danilo - SE Palmeiras


Titular indiscutível do Palmeiras de Abel Ferreira e a ter minutos a um nível já bastante elevado. Danilo é um dos jogadores mais importantes na dinâmica do verdão. Médio extremamente versátil e rotativo, podendo jogar como 6, como 8 ou até como interior.

No Palmeiras ocupa normalmente a posição de pivô ao lado de Zé Rafael. Assume a construção com qualidade, recebe enquadrado, encontra as melhores soluções e oferece fluidez ofensiva à equipa.

Mostra maturidade e conhecimento de jogo bem acima do que é a média para a sua idade. Tem um pé esquerdo de grande capacidade técnica. Conta com traços físicos muito interessantes - andamento, passada larga, velocidade e força. Tem um raio de ação bastante largo, é intenso, forte nos duelos e na recuperação da posse.

Consegue progredir com bola, apresenta uma boa visão de jogo, descomplica o jogo, tem uma boa definição, executa com qualidade e ainda tem chegada a zonas mais avançadas (ataca o espaço com grande qualidade e associa a sua velocidade de execução a um drible fácil que lhe permite em determinados momentos ser desequilibrador).

Um médio fantástico que em breve dará o salto para a Europa.


Renan - SE Palmeiras


Mais uma cria do Palmeiras. Defesa central canhoto, que pode atuar também como lateral esquerdo.

Renan oferece segurança e rigor no processo defensivo da equipa de Abel Ferreira. Interpreta os comportamentos desejados pelo treinador, percebendo os momentos de subir pressão ou controlar a profundidade. Tem bom sentido posicional, onde se destaca o seu perfilamento corporal na abordagem a cada lance.

Mostra inteligência e leitura de jogo, o que lhe permite antecipar determinadas jogadas. Forte no estreitamento do espaço entre-linhas, nos duelos aéreos e pelo solo e no desarme. Difícil de ultrapassar no 1x1 e com boa capacidade de recuperação da posse de bola. Fisicamente robusto, ágil e veloz.

Com bola é um jogador com um perfil técnico e cognitivo também muito interessante. Descobre as soluções para sair de pressão, varia o centro do jogo e oferece verticalidade à equipa com passes tensos em progressão. Esconde bem as suas ações a partir do seu perfilamento corporal, o que lhe permite enganar adversários e construir com melhores condições para desequilibrar. Ainda consegue progredir com bola e depois entregar a um jogador em melhores condições.

É um jovem que futuramente será presença assídua na seleção brasileira.


Abner - Club Athletico Paranaense


Lateral esquerdo de 21 anos que é habitual titular no Athletico Paranaense. Conta já com 80 jogos pelo clube o que lhe permite ter uma maturidade competitiva rara para a sua idade.

Lateral de características ofensivas muito boas - define bem em zonas de construção, criação e finalização, muito capaz no passe vertical e no cruzamento e oferece largura à equipa, sendo também forte em espaços interiores.

Apresenta capacidades condicionais importantes. É alto, tem passada larga, velocidade, força e resistência.

Defensivamente é muito forte no desarme, tem bom sentido posicional e é intenso nos duelos.

Está pronto para dar o salto para uma equipa europeia que lhe permita ter jogo e continuar a evoluir.


Ruan Tressoldi - Grémio FBPA


Central de 22 anos que a partir de janeiro irá ser reforço do Sassuolo. Esta temporada foi uma das revelações da equipa tricolor, apesar da péssima campanha que têm vindo a ter.

Ruan apresenta características físicas de eleição - alto, robusto, extremamente rápido e intenso.

Defensivamente, acaba por impor o seu perfil físico para vencer uma grande percentagem de duelos individuais. Além disso, é forte no desarme, nas coberturas defensivas, no 1x1 defensivo e na proteção do espaço entre-linhas e nas suas costas.

Com bola é um central com um nível técnico sublime. Consegue progredir com bola e ultrapassar vários adversários, tem uma boa qualidade de passe vertical e a longas distâncias.

Precisa de incrementar o seu posicionamento e perfilamento defensivo, assim como ter maior eficácia e eficiência nas suas ações ofensivas sem que exponha a sua equipa.

Tem potencial para se tornar um central de topo.


Kaiky - Santos FC


Após a saída de Veríssimo para o Benfica começou a ser aposta mais firme do Santos. Fez alguns jogos, sempre a um nível elevado, mas uma lesão retirou-lhe a oportunidade de dar continuidade às suas boas prestações.

Pertence à geração de 2004 e é considerado um dos defesas centrais com maior potencial de nacionalidade brasileira.

Kaiky tem perfil de líder. Jogador muito concentrado, forte no desarme e na antecipação. Intenso e com boa capacidade de vencer duelos individuais pelo ar e pela relva.

Com bola é tecnicamente evoluído, nomeadamente ao nível do passe vertical.

Ainda tem uma longa evolução pela frente, mas tem tudo para conquistar o seu espaço no Santos a curto prazo, isto assim que as lesões deixem de o apoquentar.


Éderson - Fortaleza EC


O médio defensivo/centro emprestado pelo Corinthians está a ser um dos grandes destaques do campeonato e uma das principais razões para a excelente campanha do Fortaleza. Éderson é um médio que enche o campo, apresenta grande capacidade de trabalho e tremenda rotatividade.

Intenso e muito forte na recuperação da posse, soma grande quantidade de desarmes, interceções e duelos individuais ganhos ao longo do jogo.

Com bola está longe de ser um criativo, mas tem qualidade técnica, consegue definir com qualidade e sair de zonas de pressão, além disso apresenta excelente capacidade de variação do centro de jogo e de progressão com bola.

Éderson é um médio que anda para trás e para a frente e conta com um perfil que muitas equipas europeias procuram. No verão mudará de ares para outro continente?


Jadsom - RB Bragantino


Contratado ao Cruzeiro em fevereiro, Jadsom assume-se como um dos jogadores mais promissores a atuar no Brasil. O médio centro do Bragantino é muito forte com bola por ter um nível cognitivo que aos 20 anos é muito acima da média. Excelente tomada de decisão em quase todas as suas ações. Analisa o que o envolve antes de receber e ao primeiro toque na bola já sabe o que tem de fazer. Recebe sempre bem enquadrado e oferece as melhores soluções, permitindo que a equipa encontre os espaços livres. Tecnicamente também é de nível superior e executa sempre com primor.

Sem bola é um jogador que através de movimentações cria espaço para os colegas ou para o próprio receber com mais espaço e depois dar seguimento à jogada. Defensivamente é um jogador com andamento, intenso e forte no desarme.

Depois de Claudinho que se transferiu para o Zenit, aparece Jadsom como o próximo grande projeto de jogador do Bragantino.

Vídeo da autoria de João Vítor Bonamin


Redigido por Diogo Coelho

Não te esqueças de assinar o nosso newsletter

Obrigado por se inscrever.